quarta-feira, 10 de julho de 2013

COLUNISTAS

CAMPEÃO DE TUDO

























por Alex Degani

Inter x Vasco

O Vasco anda muito mal das pernas. O "Trem da Colina" mais parece a carroça do Dinamite, prestes a explodir. Um time de tradição que, caso não melhore, corre o risco - e a vergonha - de retornar à Série B. Mas, o Colorado não tinha nada a ver com isso e foi logo metendo uma goleada no time de São Januário. O placar chegou a estar 5 x 2, e como é sabido por todos, este placar já nos deu outras alegrias. Mas, o Vasco acabou descontando para 5 x 3, dando números finais à partida. D'Alessandro foi o melhor em campo, articulando as jogadas, inclusive com pitadas de genialidade, sendo coroado com um golaço. Forlán não esteve tão bem, mas marcou um gol tão lindo quanto o do D'Ale, e mais uma vez mostrou a marca do craque. Índio - o zagueiro goleador - foi às redes novamente. Contrariando a normalidade, Rafael Moura marcou o dele! Mas, quando Muriel falhou tive certeza de que, como diria Benito Di Paula, "Tudo Está No Seu Lugar". Muriel no gol do Inter é piada. E de muito mau gosto.

Lucho González

Um argentino diferenciado. Caso sua contratação seja efetivada, Dunga terá um acréscimo de qualidade no meio-campo. Pois trata-se de um jogador com inúmeras qualidades: articulador, ajuda na marcação, chega ao ataque como elemento surpresa e conta com uma finalização potente e calibrada! Que venha o Lucho...

Anderson Silva

Atualmente, o Spider está sendo visto como vilão. Só porque entregou a luta em troca de alguns milhões de dólares? O que tem de errado? O Rubinho já desacelerou sua Ferrari na linha de chegada, para o "alemão" chegar em primeiro em troca de uma renovação de contrato daquelas. Eu mesmo, já perdi pro Zílber em troca de um luxuoso triplex na Dom Joaquim... Esporte também é business!

1 abraço a todos, em especial à torcida Xavante, a qual retorna em 2014 para a elite do futebol gaúcho!

TAMO JUNTO !




















por Dani Junqueira


O TREINADOR













É, o Renato chegou e para muitos ele não é treinador e para outros ele conhece, o resultado é só um, foi a escolha da atual Diretoria gremista, e ele vai treinar o Grêmio, quero dizer, já está treinando. 

O Renato começou sua carreira após um estágio de dois anos no Madureira do Rio, em 2002 assumiu o Fluminense onde foi e voltou algumas vezes, passou por Vasco da Gama, Grêmio, Bahia e Atlético Paranaense, poucos clubes em treze anos de carreira, conseguiu ser campeão da Copa do Brasil em 2007 e vice da Libertadores de 2008 ambos no Fluminense,  talvez ainda não tenha se consolidado na profissão contudo seus números são positivos como treinador, acumulou 446 partidas no total, por todos os clubes que treinou, obteve 203 vitórias, 115 empates e 128 derrotas, como tudo na vida o novo treinador gremista não vai agradar a todos, mas para quem tinha o The Best do futebol brasileiro, multi campeão e acabamos não ganhando nada, agora tendo o eterno ídolo gremista comandando o time podemos no final comemorar um titulo por que não.

Se lembrarmos da primeira passagem de Renato no tricolor com um grupo modestíssimo, ele levou o Grêmio ao 4º lugar no brasileiro de 2010, em 2011 foi campeão do 1º turno do Gaúchão, mas perdeu o campeonato e levou a mesma equipe modesta até as oitavas da Libertadores do mesmo ano, sem reforços acabou saindo principalmente porque não era a preferência de Odone que assumira a Presidência gremista na época.

Agora com um novo momento e com um grupo muito melhor que da ultima vez terá a chance de provar que realmente é treinador e sabe das coisas.

K O F F













Recebeu com todo o carinho o seu pupilo e demonstrou uma relação de pai para filho com o Renato que também com todo o seu carisma assumiu o Grêmio Porto Alegrense com toda a confiança do Presidente, levando a alegria e a confiança de volta ao vestiário.

OVACIONADO















É, mais uma vez a torcida gremista mostra que é diferenciada, nunca se viu em lugar nenhum do mundo uma recepção como esta a um treinador de futebol, só mesmo no GRÊMIO. É um sentimento único ser gremista.

AFASTADO

Enfim nossa Direção mesmo com demora esta tomando o caminho certo, agora afastando Welliton e Fabio Aurélio e tratando de suas liberações.  Estes jogadores não acrescentaram absolutamente nada a equipe do Grêmio além de serem caros pelo futebol que não apresentaram. A folha agradece, vai diminuir mais.

ATLÉTICO PR

A partida contra o Atlético Paranaense poderia ter sido a arrancada que todos nós esperávamos e queríamos, seria um bom começo para Renato no comando do Grêmio, mas não aconteceu e apresentamos os velhos problemas bem conhecidos por todos, sem agressividade, sem velocidade, sem criação com muitos erros de passe o tricolor fez uma partida horrível e o empate de 1x1 ficou de bom tamanho.

ATLÉTICO PR 

Falando de qualidade, o Atlético Paranaense é uma equipe muito modesta e vai brigar para não ser rebaixada e o que é preocupante é o Grêmio que foi incompetente ou não tem qualidade e time para vencer, se continuarmos jogando este futebolzinho vamos conviver com o rebaixamento novamente, é só questão de tempo.

HERANÇA

Pelo que vimos neste sábado, a herança deixada pelo crápula do Luxemburgo é muito grande e profunda, o Grêmio foi a repetição do Grêmio do ano todo, uma equipe desorganizada, sem um sistema de jogo claro que não consegue agredir o adversário, não consegue realizar uma sequência de passes certos, é muito lenta na sua progressão e sem criação durante os noventa minutos da partida, talvez este uruguaio chamado Maxi que chegou a pouco no tricolor, possa ser este homem de criação que tanto procuramos a mais de um ano.

GRÊMIO

Há muito, o que fazer na equipe do Grêmio, o Renato tem uma tarefa que aos meus olhos é muito difícil de ser resolvida no curto prazo que precisamos, não será fácil não. Aos poucos vamos vendo os equívocos das contratações que o antigo treinador fazia, o volante Adriano é mais um, depois de observá-lo bem, não tem condições de vestir nossa camisa, é ruim demais e esta barrando os jovens talentos que temos, como exemplo Mateus Biteco, já o seu irmão o Guilherme, não faz jus a badalação que fazem a ele, é um jogador comum que não esta acrescentando nada a nossa equipe.

MOISÉS

Achei boa a atuação deste jogador, sabe jogar e conhece a função, é jovem e com mais tempo e maturidade vai render mais.

CRIAÇÃO

Esta sendo o grande problema gremista desde a saída de Douglas, nunca mais conseguimos achar um jogador que consiga fazer esta função tão primordial em qualquer equipe no mundo. Sempre achei fundamental ter um jogador com a capacidade de cadenciar, dar velocidade, municiar os atacantes, criar situações, ter o passe de qualidade, comandar a equipe nos momentos de pressão, chamar a responsabilidade para si, enfim acho que é a peça que falta para fazer esta equipe do Grêmio jogar.

Abraços a todos e até a semana que vem.

3 comentários:

Marcio Neves disse...

Oi Gothe: Aproveitando que o Dani falou sobre Grêmio e armadores criativos pergunto:há um trabalho de formação de armadores nas categorias de base do Grêmio?
Excelentes as colunas do Alex e do Dani.

Um abraço,

Marcio Neves

Maurício Paim disse...

Porra Alex, desse jeito eu também quero jogar e perder para o Zilber.

Paim

Carlos Kuhn disse...

Bom dia!

Assim não dá para competir...enquanto o Grêmio possui talvez (excluindo o Werley) a pior zaga da sua história "eles" não param de contratar: Adriano, Júlio Baptista, Scocco, Nilmar e agora o Lucho...

Minha depressão só aumenta...