quarta-feira, 23 de outubro de 2013

COLUNISTAS

CAMPEÃO DE TUDO

























por Alex Degani

Como diria o Paulo Brito, "E aí, tudo belezinha?". O clássico grenal foi parelho. Willians, no início do jogo abriu o marcador fazendo um gol típico de cinco graus. E o Dida, relembrando goleiro da Regra Gaúcha. Pena que nosso voluntarioso e incipiente zagueiro tratou de acomodar o jogo, marcando um impensável gol contra. No segundo tempo, o time que está em jejum desde 2001 voltou melhor do vestiário. Começou dominando as ações e chegaram a virar o placar. Sorte nossa que temos Andrés Nicolas D'Alessandro, o matador de segundinos... Como ele disse, com um carregado sotaque castelhano, "O Grêmio para ver uma taça, só de binóculo". E o Dale tem razão, faz tempo que as gazelas estão só na "vaga". Él Cabezón rebateu ainda: "Tem time que precisa de fita VHS pra relembrar título".

O certo é que mais uma vaga será comemorada pelos lados da Arena OAS. Pena que, mais uma vez, vão escutar a antiga canção "Plut Plat Zum, Não vai a Lugar Nenhum!".

O menino Otávio, mais uma vez, foi destaque do time. Novamente, jogou como gente grande. Amigo Badia, eu disse grande...

Por falar em tempo, a FGFM oficializará novo tempo de jogo no Estadual Sênior de Lisos. Será cobrado 60 segundos por cada jogada. Humor negro? Não, realidade. Aliás, não apenas no Sênior!

Há anos o Brasil é roubado. O Inter já teve direções fraudulentas. O que não é de se estranhar, pois até a FGFM já foi roubada... O que antigamente era privatização, hoje ganhou um novo epíteto: leilão... E, neste ofertaço, por pouco o Zilber e seus petrodólares não levaram a melhor. "Tesouro por Pechincha" dizia um diário alemão sobre o leilão do Pré-Sal. Será que o negócio foi intermediado pelo Odone? Uma questão meramente política. Por falar em políticos, até por qui se vê político atacando médico... Mas, há de se deixar bem claro: todo político entende de medicina tanto quanto joga botão.

Hoje o Inter tem uma parada dura pela frente. Enfrentará o "Furacão" em pleno solo paranaense com a obrigação de vencer (ou empate com dois ou mais gols). Difícil acreditar que o Inter conseguirá tal resultado, até porque o Atlético Paranaense vai jogar em casa e está jogando mais que o Inter. É, noite tensa pela frente. O negócio é torcer para que o Sheik, em pleno gramado de aluguel, esteja em um dia inspirado!

N.E. O conteúdo das colunas, a exposição de nomes, adjetivações a situações, pessoas e grupos são de inteira responsabilidade dos colunistas que as assinam. 

TAMO JUNTO!




















por Dani Junqueira

Graças a deus voltamos a jogar um futebol feio e ruim, mas com resultado, a partida contra o Corinthians decretou de vez que não devemos mudar nada, tá tudo ótimo e a grande maioria dos gremistas está satisfeita com o atual momento do tricolor, o que reforça que o estilo que Renato implantou no Grêmio é o correto. Continuamos no G4, e pelo jeito ninguém nos tira de vice-liderança do brasileiro para a felicidade de todos.

O que falar do Grenal ? Foi uma partida perfeita, até a crônica esportiva gostou e intitulou como uma partida maravilhosa pela quantidade de gols, principalmente os meus amigos gremistas, não perdemos, continuamos na vice-liderança e eles continuam na parte de baixo da tabela.

É brabo, quando todos se acostumam com a mediocridade e se satisfazem com tão pouco e o que vale é só a corneta de um lado para o outro. O fato real que me debato e não aceito principalmente quando converso por aí sobre futebol, é que as pessoas estão achando maravilhoso o atual momento da dupla Grenal, ou não entendem nada de futebol, ou realmente a realidade é aceita passivamente por todos, pois ninguém vê nada no horizonte.

Caramba! Foi um Grenal de doer, medíocre, fraco tecnicamente, com jogadores dos dois lados que não tem nenhuma condição de vestir qualquer das camisas da dupla, não estou gostando como todos estão, tão passivos com o atual momento de nossas equipes.

Tanto Grêmio como Inter não existem, são ruins de mais, estamos vivendo de pequenos momentos e pequenas vitórias, é o fim de tudo, para onde vão os nossos times ?

E quarta-feira vamos para uma final contra o Corinthians, que vem completo e mordido pelo último resultado. Não acho que conseguiremos seguir na Copa do Brasil, é um sentimento, mas deixou claro, não é impossível.

Abraço à todos.

N.E. O conteúdo das colunas, a exposição de nomes, adjetivações a situações, pessoas e grupos são de inteira responsabilidade dos colunistas que as assinam. 

6 comentários:

Pedrinho Gmail disse...

N.E. O conteúdo das colunas, a exposição de nomes, adjetivações a situações, pessoas e grupos são de inteira responsabilidade dos colunistas que as assinam.

E quem será responsabilizado pelos textos do Jotinha?

Ricardo Gothe disse...

Camarada Pedrinho,

o Jotinha é e SEMPRE foi responsabilidade do Editor, que é quem faz o filtro deste espaço.

Por isso o cuidado de não citar nomes em suas intervenções. Pelo Jotinha, mesmo as mensagens vindo de tantos colaboradores, inclusive suas e as quais agradeço porque são de muito bom humor e inteligentes, eu me responsabilizo.

Um abraço,
Gothe.

Ricardo Gothe disse...

Camaradas,

Que fique claro, se houver eventualmente nomes citados no Jotinha, é porque o Editor aprovou.

Já houve uma oportunidade onde fui procurado e diante de solicitação que acatei, retirei a publicação.

Como Editor não só me reservo o direito, como tenho o dever de analisar pedidos desta natureza.

Abraços,
Gothe.

Daniel disse...

É o pavor começou a tomar conta do Degani, esta mais preocupado com os azuis de que com seu próprio lado, é uma maneira de maquiar o atual momento vermelho, é isso aí mesmo dissimulando a atenção de um time ridículo que se dá o direito de fazer até gol contra. É cavador como tua vida futebolística começou em 2006, te agarras nesta situação e não te da contas que a realidade esta mudando para o lado dos vermelhos, a casa esta caindo.
Abraço Doutor.

Dr.Maia disse...

Basta não ser signatário do pacto da mediocridade para ser atacado.
Além do mais o Jotinha é muito mais macho que grande maioria.

Há braços, sempre!

Dr.Maia disse...

Vale dizer, seguirei lendo alguns escritos pré socráticos para tentar entender a genialidade idiota que nos circunda.

Parafraseando algum cineasta brazuca: " toda dialética será castigada".

Aguante!